Sexo: Sim existe o alongamento do pénis, e aqui você conhecerá as técnicas | Vida

Rate this post

Existem homens que chegam a um consultório se queixando por ter um pênis pequeno. Eles se mostram insatisfeitos, tanto pelo tamanho, como o desenvolvimento de seus membros.


No entanto, os estudos revelam que a maioria destes homens, realmente possuem um tamanho de pênis normal, conforme explica a Perú21 o urologista Sandro Reis Alpaca, coordenador de Andrología da Sociedade Peruana de Urologia, e especialista em medicina sexual.


“Muitos dos que se queixam de ter um pênis pequeno têm um problema que é chamado de ‘dismorfofobia do pau’, significa que a pessoa tem medo de uma alteração no tamanho ou na forma de seu pênis”, diz o médico.


“A dismorfofobia não será corrigido com uma cirurgia, por mais que você aumente o peso ou o tamanho do pênis, eles sempre irão queixar-se sobre o que não lhes arrastaram ou engrosaron o suficiente”, acrescenta o especialista.


Por isso, antes que uma pessoa tome a decisão de se submeter a este tipo de cirurgia deve consultar um especialista.


► Seis dicas para evitar a ejaculação precoce que mudam a vida


Alongamento de pénis


Existem diferentes opções para alterar a espessura, o comprimento e a cor do pau. Também há cirurgias para colocar jóias ou piercing. Reis Alpaca nos explica os tipos de cirurgia que existem:


“Há cirurgias como a peneplastia (que permite aumentar ou engrossar o pênis). Há cirurgias de escroto (onde se remove um pouco da pele do testículo) para simular que o pênis está mais longo. Para engrossar o pénis existe uma cirurgia onde o médico coloca patches no pênis para engrosarlo. Há também injeções de gordura e dispositivos médicos”, disse o urologista.


Edwin Reis Alpaca explicou que há um grupo de técnicas não-médicas de alongamento, como a colocação de pesos no pênis, ou tipos de estiramento do membro viril. No entanto, esclareceu que não funcionam.


Você perde a sensibilidade após a cirurgia?


O especialista esclarece que após a cirurgia de alongamento ou espessamento de pau a sensibilidade pode ser afetada.


“O pénis tem certas fixações ao corpo para que a pessoa possa mantê-lo ereto. Então, para dar a impressão de que o pênis está mais longo, o médico remove essas fixações e o pau cai para baixo, dando a falsa impressão de que fosse mais longo. Essa técnica como a de colocar manchas ao redor do pênis, remover ou alongar a pele sempre produzem alteração na sensação. Por isso, o médico deve explicar esse detalhe ao paciente”, precisa.


Pode haver complicações?


“Como todo procedimento cirúrgico pode ter complicações como reação alérgica a medicamentos ou infecções da área operada”, explica o urologista, e acrescenta que o mais grave que pode acontecer é “o encurtamento do pênis”.


“Se opera o paciente para alargarle o pau, mas a pele nessa área cicatriza e isso faz com que o pênis se encurtar. São riscos que um tem que conversar com o paciente”, acrescenta.


O especialista lembra que a maioria dos homens têm pênis de tamanho médio. Deste grupo, há os que querem agrandarse o pau. A eles se lhes pode oferecer uma variedade de tratamentos para alcançar este objetivo, mas nada pode garantir que, após a cirurgia eles fiquem satisfeitos.

Scroll To Top