37 semanas de gravidez – Gravida de 37 semanas

Desenvolvimento do feto

O bebê vai descobrir a sua voz

O bebê reage cada vez mais diante dos sons. O que percebe, mais do que os sons fortes ou graves, são os sons que lhe são mais familiares e pode até mesmo ir até localizar a fonte do som. Quando se concentra em um som, o ritmo cardíaco aumenta e sua respiração se acelera. Ler mais…

Sintomas da semana 37

– Melhoria respiratória

– Desaparecimento dos problemas digestivos

– Vontade de urinar frequentes

Alterações no seu corpo

No decorrer desta semana, o útero e o futuro bebê descem um pouco no abdômen: prepare-se para a saída do bebê. Este movimento de descida leva a um alívio imediato, já que o útero se apóia menos no dos outros órgãos: respirar e comer melhor. Em contrapartida, a pressão que se exerce sobre a bexiga é mais forte e te conduz frequentemente ao banheiro.

Temas interessantes nesta semana

Sofrologia para se preparar para o parto

Toda futura mamãe vive momentos de ansiedade e inquietação frente à grande aventura que representa o dar à luz. Com a sofrologia pré-natal, se aprende a ouvir o próprio corpo e aceitar a sua transformação, aproveite este período cheio de emoções, controlar o medo do parto e criar um precioso vínculo com o bebê. Ler mais…

O vigia seu colesterol!

A gravidez é um tempo de questionamentos, sobretudo no que diz respeito à alimentação. Não beber álcool e tenta comer melhor. No entanto, o desequilíbrio hormonal causado pela gravidez pode fazer aumentar os níveis de colesterol. Estas são algumas dicas para manter uma dieta equilibrada e evitar as gorduras saturadas. Ler mais…

A amamentação mista: o Que é?

Dar a mamadeira e o peito de cada vez, seja qual for a razão que te leva a isso, é possível, se assim o desejar. No entanto, para que o plano funcione e poder torná-lo mais suportável, tanto para a criança como para si, terá de respeitar algumas regras. Ler mais…

O que você deve levar para o hospital

Últimos preparativos antes do grande dia… Antes que os nervos e a emoção ganhem de ti e já não pode pensar em nada, considera-se deixar o saco de maternidade preparado. Oferecemos uma pequena lista de controle de o que levar e alguns detalhes que se simplificassem a vida na clínica. Ler mais…

Cuidados depois do parto

Ao longo dos últimos meses, o seu organismo tem sofrido profundas alterações. Foi levado e dado a vida, e pouco a pouco vai ser desses distúrbios. Durante as primeiras semanas após o nascimento deve colocar uma atenção especial no cuidado de seu corpo. Mais tarde, te preocuparás por sua saúde em maior ou menor medida, de acordo com o seu estado. Ler mais…

A. Pelletier

36 semanas de gravidez, Grávida de 36 semanas

Desenvolvimento do feto

A pele do bebê se alisa

Neste período da gravidez, desaparece o lanugo, esse tecido de pêlo que cobre o seu corpo (como é lógico, nos prematuros, o lanugo é ainda abundante no momento do nascimento). Sua pele se alisa. Se o bebê nasce com muito lanugo, não te alarmes, pois isso não significa, em absoluto, uma pilosidades muito abundante. Esse pêlos desaparecerá durante seus primeiros dias de vida. Ler mais…

Sintomas da semana 36

– Costas arqueadas e dorido

– Cansaço e dificuldade para dormir

– Contrações no final do dia

Alterações no seu corpo

Você tem a barriga muito proeminente e a parte de trás mais e mais arqueada. Suportadas pior de todo esse peso sobre as pernas e as costas. Os seios lhe foram inchado e preparam-se ativamente para a amamentação. Você pode masajearlos, especialmente os mamilos, com um creme gordura. Sente vontade de urinar com muita frequência.

Às vezes você tem contrações, sobretudo à noite. Essas contrações chamadas de Braxton-Hicks, não são nem regulares e dolorosas, ao contrário das verdadeiras contrações do parto. É um fenômeno normal: contribuem para a maturação do colo do útero, o que tornará mais fácil a sua dilatação no momento do parto.

Você tem dificuldade para dormir, porque não é fácil encontrar a posição adequada. Seus gestos e seus deslocamentos são laboriosos, às vezes. Você está cansada, o que é muito normal.

Temas interessantes nesta semana

O DHA durante a gravidez

Para manter a forma e garantir o bem-estar de seu bebê você terá que manter uma dieta equilibrada durante toda a gravidez. Certos ácidos gordos não devem passar despercebidos… Entre eles, o DHA, um ácido graxo da família Ômega-3, é um valioso aliado para o bom desenvolvimento do bebê. Ler mais…

Relaxe com uma massagem

Durante a gravidez, você verá que sua vida, se não se trastoca por completo, ficará, pelo menos, profundamente transformada. Se você está cansado ou ansioso nada melhor que uma massagem para o problema. O bem-estar que sente o teu corpo terá um impacto positivo sobre o espírito. Ler mais…

Escolher o carrinho do bebê

O carrinho é indispensável para sair para a rua com o bebê. Escolha o que melhor se adapta ao seu estilo de vida, tanto se você gosta de fazer longas caminhadas pelo campo, como se correr no parque ou vai viver em transporte público. Abaixo, nossas dicas para escolher o carrinho que melhor se ajuste às necessidades de seu bebê e para as vossas. Alcofa, três em um, todo-o-terreno… para gostos, carros. Aqui vão as nossas propostas! Ler mais…

Watsu: mergulhe em água

O cansaço físico e psicológico é frequente durante a gravidez… Para distender o corpo e libertar a mente, o método watsu (contração de water, água em inglês, e shiatsu) oferece à mulher grávida ou a casal relaxamento aquática única. Ler mais…

A Consulta com o anestesista

É um momento necessário, mas não deixe de qualquer inquietação ir à consulta de um médico para falar de nossa passagem pela sala de cirurgia. No entanto, a visita é imprescindível, tanto quanto conhecer certos aspectos de nosso organismo evita colocá-lo em risco desnecessariamente. Em suma, o que se busca é que tanto o obstetra quanto a paciente vá para a sala de partos, com confiança e ânimo. Ler mais…

A. Pelletier

33 semanas de gravidez, Grávida de 33 semanas

Desenvolvimento do feto

O bebê está quase pronto

Com 42 cm e quase 2,1 kg, o bebê está cada vez mais gordo e sua pele mais lisita. À medida que os dias passam, o bebê está cada vez pior “instalado”, a falta de espaço faz com que seus movimentos sejam muito limitados, quase o bebê só pode girar sobre si mesmo. Pelo menos, isso vai evitar os chutes nas costelas, nas últimas semanas. Ler mais…

Sintomas de semana e 24

– Aumento de peso: + 10 kg

– Dificuldade para dormir

– Tensão na barriga

Alterações no seu corpo

Pode ser que você já tenha pedido a baixa por maternidade e possa dedicar-se totalmente a si e ao seu futuro bebê. Aproveita para descansar ao máximo e aplica as técnicas de relaxamento aconselhados por parteiras nos cursos de preparação para o parto, e não hesite em dormir assim que sentir vontade, é possível que, em breve não pode permitir tal prazer!

A barriga se pesa, você engordado 10 kg, aproximadamente, e é difícil encontrar uma posição em que você se sentir confortável. Deite-se de lado, com um travesseiro entre as pernas para facilitar o retorno sanguíneo; essa posição é a mais confortável.

Temas interessantes nesta semana

O bom uso do frigorífico

Você acabou de fazer as compras. Agora é chegar em casa e guardar os alimentos na geladeira, onde permanecerão frescos, desde que você siga algumas dicas… O primeiro é manter os produtos frescos e congelados, cada qual a temperatura que lhe corresponda. Ler mais…

Dar à luz em casa

Dar à luz em casa ainda continua associando-se ao passado, à época de nossas tataravós, que o faziam não por escolha, mas porque não tinham mais remédio… no entanto, em alguns países, a tradição se mantém e em muito outros já voltou a recuperar-se como reação aos partos muito medicalizados. Contamos-lhe como dar a luz na intimidade do lar. Ler mais…

A licença paternidade: Em que consiste?

Trata-Se de uma licença acordado com a empresa, e que, no caso do pai, segundo a empresa que o “desenvolver” emprego, tem entre 2 e 5 dias úteis de licença por nascimento, mais 15 dias ou 4 semanas (de acordo com a convenção de sua empresa) de autorização paternal. Esta autorização paternal pode “tomar” acto seguido à licença por nascimento, ou em outro momento; mas nunca para além dos primeiros nove meses de vida do bebê. Ler mais…

Gravidez: evitar a angústia

A gravidez é um período especial, fonte de tantas angústias. O corpo muda, sofre com algumas dores e o ritmo de vida se altera. Mas não te assustes. Normalmente não há motivos para se preocupar, além disso, o estresse não é bom para o bebê. Ler mais…

A. Pelletier

O colágeno, a proteína da juventude

O colágeno é uma proteína presente no corpo humano, que faz parte estrutural do tecido conjuntivo. Esta estrutura envolve e protege os músculos e órgãos vitais, e é essencial para a saúde de ossos, ligamentos, tendões, cartilagens e pele, vasos sanguíneos, córnea, gengivas e couro cabeludo.


Como todas as proteínas, o colágeno é constituído por longas cadeias de aminoácidos, em especial, de prolina e hidroxiprolina. Neste caso, as correntes se enrolam e entrelaçam entre si originando triplas hélices de colágeno, fibras, que garantem a resistência e a flexibilidade dos tecidos.


O corpo tem capacidade de fabricar o seu próprio colágeno, mas com o passar do tempo, a produção desta proteína é reduzida: aos trinta anos, geramos a metade do que na adolescência. No caso das mulheres, essa perda aumenta após a menopausa, já que o colágeno está intimamente ligado ao estrogênio. Além disso, o estresse oxidativo, resultado de um excesso de radicais livres derivados do próprio metabolismo do corpo, o estresse, a poluição, excesso de sol, falta de sono, medicamentos, estimulantes, somado a uma alimentação pobre em vitaminas, minerais e colágeno natural, que compõem os fatores que favorecem a degradação de colágeno, e aceleram o envelhecimento, a inflamação e a perda de flexibilidade dos tecidos e articulações de que faz parte.


mujeres_edades


Para retardar a degradação do colágeno, devemos, por um lado, diminuir o estresse oxidativo e, por outro, fornecer nutrientes que favorecem a síntese de proteína estrutural. Obter colágeno a partir da dieta é bastante difícil. Encontra-Se nas partes gelatinosas dos animais, por isso os pratos tradicionais, como os calos ou as patas de porco, as geléias ou os enchidos trazem suficiente colágeno, mas não é aconselhável consumi-los com frequência devido aos evidentes riscos para a saúde associados (excesso de gordura, açúcar, aditivos). Em troca, sim, é recomendável seguir uma dieta com alimentos que evitem a degradação de colágeno, entre os quais incluímos cereais integrais, ricos em vitaminas do grupo B, legumes de folha verde e proteína de boa qualidade, tanto animal como a combinação de vegetal com cereal. Ao mesmo tempo deve-se evitar, principalmente, o consumo de açúcar refinado e alimentos que aumentam a glicemia, já que está relacionado com a glicação, processo em que as moléculas de açúcar em excesso aderem às fibras de colágeno, que perde força e flexibilidade. Para além destes conselhos, outra boa medida é tomar um suplemento alimentar rico em colágeno, para garantir níveis ideais.


É importante destacar que nem todo o colagénio que comemos é utilizado pelo organismo com a mesma eficiência e rapidez. O colágeno é uma molécula grande e complexa, difícil de ser absorvido pelo aparelho digestivo. Se você come cru, praticamente não se aproveita e pode até causar indigestão longas e pesadas, com flatulência e desconforto. Esses problemas são resolvidos com a indústria de suplementos alimentares, já que muitos apresentam um colágeno na forma hidrolisada, ou seja, péptidos de colágeno, formas mais pequenas e pré-digerida, que facilitam a sua absorção e posterior utilização no organismo.


Tipos de suplementos


Existem muitas formas de suplementos de colágeno no mercado:



  • O colágeno oral em comprimidos (Dermacaps), cápsulas, em pó ou em forma líquida, de origem suíno, bovino ou marinho, promete ajudar com a artrite, o excesso de peso, a construção de músculos e para o rejuvenescimento da pele. Estes suplementos agem na camada mais profunda da pele, a derme, e melhoram a hidratação e estrutura. Em caso de alergia a determinados alimentos pode dar complicações.

  • Os cremes de colágeno garantem diluir as rugas e rejuvenescer os rostos envelhecidos, mas a molécula de colágeno é tão grande que não é absorvida através da pele e atua somente na camada mais superficial, a epiderme, é necessário combiná-los com suplementos nutricionais para obter bons resultados.

  • As injeções de colágeno fazem com que a pele fique melhor, e suavizam as rugas do rosto, mas é apenas um efeito paliativo que dura por um período limitado, de 8 a 12 semanas e costuma ter efeitos colaterais em pessoas sensíveis ou com distúrbios auto-imunes. Além disso, o colágeno pode migrar e deformar o rosto.

Cabe destacar que a proteína do colágeno é unicamente de origem animal, pelo que não é adequado para vegetarianos.


O colágeno hidrolisado representa uma opção segura para prevenir futuros problemas degenerativos relacionados com a idade e é um complemento adequado no tratamento de doenças osteoarticulares.


Dermacaps Suplemento de colágeno hidrolisado


Os suplementos de colágeno hidrolisado como o Dermacaps são obtidos através de tratamento enzimático, o que faz com que o produto seja mais biodisponível, ou seja, fácil de digerir, absorver e utilizar pelo organismo.


http://www.esportesite.com.br/wp-content/uploads/2019/01/dermacaps-colageno.png


Estudos clínicos têm comprovado seus efeitos em doenças degenerativas. Por exemplo, foram analisados os efeitos do colágeno hidrolisado em fibromialgia crônica e dor nas articulações, e foram obtidos resultados positivos que se traduzem na redução de sintomas e dor, depois de um consumo diário de uma colher de sopa durante 90 dias. (mais informações no seguinte aqui)


Outros estudos têm demonstrado que tomar 10 gramas de colágeno hidrolisado diariamente reduz a profundidade das rugas dérmicas. Os benefícios são visíveis a partir de quinze dias e se se deixa de tomar o efeito desaparece. Se se toma por um longo prazo de tempo, sempre sob a supervisão de um especialista, aconselha-se a fazer períodos de repouso de pelo menos um mês a cada três meses de tratamento.


A complementação com colágeno é recomendado como preventivo de problemas osteoarticulares, como tratamento de nutricosmética, para melhorar a hidratação, elasticidade e firmeza da pele e, assim, melhorar a aparência do rosto e atenuar os sinais de envelhecimento, e também no caso de flacidez dérmica.


Década dos ossos e articulações


A Organização Mundial da Saúde (OMS), designou os primeiros dez anos do século XXI como “a década dos ossos e das articulações”, com o fim de estudar e reduzir o impacto na saúde que geram as doenças músculo-esqueléticas.


De acordo com dados da OMS, a artrite e doença reumatóide afeta mais de 30% da população mundial. Um percentual elevado de deterioração se agravar após a menopausa.


Embora estas doenças são, tradicionalmente, mais relacionadas à falta de cálcio, o que de colágeno, o último favorece um tecido conjuntivo saudável e “jovem”, já que enche as deficiências em aminoácidos.


Estudos científicos confirmam os suplementos de colagénio como um reconhecido preventiva de enfermidades degenerativas e uma substância eficaz na hora de aliviar dores associadas a diferentes patologias osteoarticulares, como artrite, artrose, fibromialgia, gota.


Uma opção segura


Não existe uma substância capaz de curar as inflamações músculo-esqueléticas, mas é possível atenuar as dores, preservar as articulações e evitar o progresso da doença. Muitas vezes, são prescritos medicamentos a base de corticosteróides, anti-inflamatórios não-esteróides ou anti-reumáticos, os quais, embora são fornecidos em doses baixas, foi demonstrado que a longo prazo pode causar efeitos secundários graves a nível renal, hepática ou gastrointestinal, danos no sistema reprodutivo, ou mesmo insuficiência cardíaca.

Seleccione a sua patologia e informe-se a fundo

Como já puntualizado antes, o colágeno hidrolisado, por ser uma substância natural, representa uma escolha segura como de prevenção de futuros problemas degenerativos relacionados com a idade e é um complemento adequado no tratamento de doenças osteoarticulares. É importante lembrar que a possibilidade de uma reação alérgica, sobre tudo quando se toma por via intravenosa, por isso seria conveniente consultar um profissional.


Câncer de mama no homem

O que é câncer de mama?


As mamas são duas glândulas situadas no atendimento de mulheres e dehombres, cuja função é secretar leite para a amamentação. Microscópicamenteestán formadas pelos lóbulos e ductos, onde se produz e derrama leite,para a sua saída pelo mamilo. Esta seria a área glandular da mama. Além disso,está rodeada por tecido gorduroso e fibras (tecido conjuntivo), que servem desostén. O tecido glandular é separada da gordura por uma fina membrana chamada membrana basal.


De interesse


Sugerimos a leitura de algunosartículos relacionados:


No homem, todas essas estruturas estão reduzidas auma mínima expressão, já que não estão preparadas para dar amamentação. Isso sedebe a pequena quantidade de estrogênio (hormônio feminino) que circula por eltorrente sanguíneo do homem.


Para o normalfuncionamiento da glândula, as células têm um processo de renovação queen condições normais está controlado. No entanto, em algumas situacioneshay células que escapam a esse controle, crescendo de forma desorganizada yproduciendo zonas de maior espessamento da mama, que são denominadas de tumores. Estostumores podem serbenignos ou malignos (cancerosos).


No homem, os tumores mamários costumam ser generalcancerosos, e costumam ter a característica de ser invasivos.


Cancros invasivos são aqueles tumores malignos em que lascélulas cancerosas estão acima da membrana basal que envolve os ductos e lóbulos. Estes tumores, as células podem mais facilmente se disseminar através dos canais linfáticos em direção aos gânglios, ou pelo sangue, haciaotras zonas ou órgãos do corpo (metástases).


Dicas de saúde


Qual é a freqüência do câncer de mama no homem?


Elcáncer de mama no homem é muito menosfrecuente que na mulher. Representa cerca de 1% dos tipos de câncer demama que são diagnosticados, e entre 0,1% e 0,2% de todos os cancros delvarón. A incidência anual situa-se em cerca de 0,7 casos por cada 100.000 homens.


A idade de apresentação costuma ser próxima los60 anos. Os tipos histológicos (tipos de tumor de acordo com o aspecto que presentael tecido ao microscópio), costumam ser os mesmos que na mulher.


Quais são os fatores deriesgo?


São bem menos definidos, que em lasmujeres.



  • Factoreshereditarios ou genéticos: os mais importantes parecem ser os factoreshereditarios ou genéticos. Parece ser mais frequente em homens, cujas familiarescercanas mulheres tenham tido câncer de mama,ovário oútero e que geneticamente se tenha detectadoalgún tipo de predisposição. Se suspeitarmos este tipo de câncer hereditário,será conveniente realizar um estudo genético dos familiares, paraidentificar melhor este risco. Isso permitirá um melhor acompanhamento de laspersonas com risco, e até mesmo um possível diagnóstico da doença em fasesiniciales. De todas maneiras, essas características genéticas podem noidentificarse em todas as famílias, em que se suspeite de um câncer de mamahereditario. As provas são realizadas em centros especiais, e não todos lospacientes devem hacérselas.

  • Verificou-Se que algunoshombres com câncer de mama apresentam uma maior frequência de cancros enotras posições do corpo.

  • Factoresendocrinológicos: os tratamentos com hormônios (estrogênio) originanun aumento do risco de contrair esta doença.

  • Outras doenças: doenças como a Síndrome deKlinefelter, ginecomastia (aumento do tamanho das mamas no homem),doenças hepáticas, ou elalcoholismo, têm sido associados com um aumento no elriesgo de desenvolver câncer de mama no sexo masculino.

  • Fatores ambientais: história do trabalho conradiaciones, altos-fornos, oficinas de prensagem, ou campos electromagnéticos,têm sido relacionados com este tipo de câncer.

Consultas ao médico


Veja em nossa sección’Pergunte ao médico’ inúmeras consultas de nossos usuários:


Sintomas do câncer de mamaen o homem


O mais frequente é que o homem note unbulto no peito, em geral, de consistência dura e pouco móvel. Pode serdoloroso ou não. Geralmente, o homem pergunta para o médico mais tardiamente que lamujer, já que muito poucos suspeitam que possa tratar-se de um câncer de mama, porlo raro da doença no sexo masculino. Além disso, quando é diagnosticada,o tumor costuma ser mais avançado do que em mulheres, já que o homem tienemenos quantidade de gordura e tecido conjuntivo, por isso que o tumor leva menostiempo em disseminar-se para os gânglios e a corrente sanguínea.


Outras vezes, o homem pode-se observar que o que existe é um cambioen a pele, sem notar volume, tornando-se com aspecto retraído, envelhecida, ou conalteraciones no mamilo: irritação, também recolhido para o interior delpecho. Pode enrojecerse e inflamar-se, a pele, em alguns casos, por obstrucciónde pequenos vasos linfáticos que impede a drenagem de líquidos.

Publicidade

Diagnóstico do câncer demama



  • É o mesmo que em lasmujeres.

  • A primeira prova costuma ser unamamografía, que pode ser mais complicada derealizar a mulher, já que há menos tecido mamário.

  • Punção aspirativa com agulha (PAAF), para extrair o material celulardel tumor e examiná-la ao microscópio. Pode fornecer um diagnóstico casidefinitivo.

  • Biópsia do nódulo. Fornece o diagnóstico exactode benignidade ou malignidade do tumor. Às vezes se faz diretamente concirugía yanestesia geral, na mesma intervenção queresulta terapêutica.

Tratamento do câncer de mama em elvarón



  • Geralmente, otratamento não difere do que se aplica na mulher.

  • Laintervención cirúrgica costuma consistir em uma mastectomia radical modificada:remoção de toda a mama, mas mantendo algumas estruturas musculares.Igualmente, se extirparán cirurgicamente a maior parte de nós axilaresque sejam possíveis.

  • Radioterapia: é aplicada sobre a área de mastectomia ysobre a axila, nos casos em que se encontrem gânglios afetados.

  • Quimioterapia: é administrada na forma de ciclos demedicación intravenosa, a cada três semanas.

  • Hormonoterapia:com drogas antihormonales, já que o câncer de mama no homem sueleresponder ao estímulo de crescimento que exercem hormônios como estrogênio.O medicamento mais utilizado é o tamoxifeno. Existem métodos cirúrgicos parasuprimir o aporte hormonal ao tumor que também podem ser utilizados comotratamiento em casos concretos (remoção dos testículos, de glándulassuprarrenales ou hipófise).

Qual é o prognóstico do câncer demama os homens?


Em fases da doença,o prognóstico é o mesmo que nas mulheres. O problema que tem o homem esque sua doença costuma ser diagnosticada em fases muito avançadas, másfácil crescimento do tumor que já explicamos, e pela demora em acudiral médico e ser-lhe diagnosticado, por não imaginar que pode existir esse tipo decáncer em um homem.


Os fatores que mais influenciam neste prognóstico são: envolvimento dos gânglios linfáticos da axila, eltamaño tumoral, a demora no diagnóstico e histologia (aspectomicroscópico), entre outros.

Dra Catherine Chodkiewicz, especialista em Oncologia. Atualizado: 17-02-2017 Revisado por: Dr. José Luis Monroy Antón, especialista em Oncologia magnus amaral campos,

31 semanas de gravidez, Grávida de 31 semanas

Desenvolvimento do feto

A última ecografia

Se você ainda não se tem posicionado, é hora de que o bebê coloque para fora, com a cabeça para baixo. Além disso, você verá o seu espaço cada vez mais reduzido, já que o bebê mede agora 39 cm e pesa quase 1,7 kg Resultado: mal se move. Joelhos replegadas, braços e pernas cruzados, o queixo encostado no peito… o bebê já está em posição de saída. Ler mais…

Sintomas da semana 31

– Retenção de líquidos

– Dor nas costas intenso

– Desconforto na posição sentada

– Distúrbios do sono

Alterações no seu corpo

Se você já foi rodado, o bebê pode apoiar os pés em sua caixa torácica, e isso lhe causará um certo desconforto. Trata de manter-se sempre em linha reta, sobre tudo quando estiver sentada; isso deve aliviarte.

Pode ser que você tenha os braços e as pernas inchados por causa da retenção de líquidos, o que é normal nesta fase da gravidez. Lembre-se tirar os anéis e não use vestuário que agravem o problema. Também evite, na medida do possível, dormir com o braço debaixo do travesseiro, já que isso poderia provocar a sensação de formigamento nos braços ou acrecentarla.

Para reforzarte os ossos e os de seu filho, adota uma alimentação rica em cálcio (laticínios, mas também certas águas minerais).

Temas interessantes nesta semana

A última ecografia

Esta é a última ecografia, que lhe farás antes do nascimento. O exame é importante, pois se concentra nos pontos fortes do final da gravidez e em tudo o que está relacionado com os detalhes específicos do parto. Além disso, você irá experimentar uma das grandes emoções de sua vida ao ver brevemente a cara ou o pé do seu bebê. Ler mais…

A reflexologia plantar

A imagem idealizada da gravidez perfeito, onde tudo é idílico, muitas vezes se dá de cara contra a realidade: à medida que cresce a barriga, aumentam também as dificuldades e as dores. Estes meses são uma excelente oportunidade para dedicar-se mais tempo e cuidar dos pés à cabeça com a reflexologia plantar. Ler mais…

O DRGE durante a gravidez

No terceiro trimestre de gravidez, o refluxo gastroesofágico (DRGE) pode aparecer e atrapalhar a digestão. Sem gravidade, esta sensação de azia pode ser evitado com algumas medidas alimentares. Ler mais…

A dança do ventre para gestantes

Dança antiquíssima surgida no Oriente Médio, a dança do ventre é praticada hoje em dia em todo o mundo e até consiste de versões para grávidas. Descubra os benefícios que traz esta técnica de preparação para o parto. Ler mais…

Bebê prematuro: um choque para os pais

A francesa Charlotte Bouvard é mãe de dois meninos, um de 7 anos e outro que nasceu nove semanas antes do tempo. Sozinha com as suas angústias e as suas dúvidas, decidiu criar a associação SOS préma, para que “nenhuma mãe volte a se sentir só.” Analisamos a sua história. Ler mais…

A. Pelletier

Câncer de mama

O que é câncer de mama?


A mama é uma glândula constituída por tecido mamariopropiamente dito (que é formado por lóbulos) e alguns tecidos de soportellamados conjuntivo e gordura. O leite é produzido em lóbulos do tejidomamario e conduzida por cerca de dutos até a sua saída por elpezón.


O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve no tecido mamário (embora puedenexistir tumores nos tecidos de suporte, mas não são verdadeiros câncer demama). Se o tumor está contido no lóbulos e os ductos, é chamado de “insitu” ou não invasivo. Se as células tumorais saem fora dos canais ylóbulos o tumor será invasivo.


Freqüência do câncer demama


É o câncer mais frequente entre as mulheres yafecta aproximadamente um milhão de mulheres em todo o mundo. É o tumormaligno que mais mortes ocasiona entre as mulheres em Portugal. Sua incidência ennuestro país é de cerca de 46 casos por cada 100.000 habitantes, e mais de 15.000 casos/ano (calcula-se que uma de cada 11-12 mulheres desenvolverá um câncer demama). Apesar destes números, a Espanha é o segundo país da União Europeacon a incidência mais baixa de câncer de mama. Envarones também pode dar-se deste tipo de tumor, embora susincidencias são muito mais baixas (é um câncer raro em homens): menor del1%. A taxa de cura oscila em torno de 60%.


Artigos relacionados


Encontre informações de interesse dos siguientesartículos:


Quais são os fatores deriesgo para desenvolver câncer de mama?


Idade


Laincidencia aumenta com a idade e dobra a cada 10 anos, até lamenopausia. As idades com maior incidência: 45-60años. 75% dos cânceres de mama ocorrem em mulheres com mais de 40 anos. Seestima como fator de risco a idade superior a 50 anos. Isso não quieredecir que o câncer de mama não se dê em mulheres jovens, mas é muito menosfrecuente.


Variação geográfica


É menos frequente enpaíses asiáticos (China, Japão), e mais freqüente em países industrializadosoccidentales. Dentro destes últimos, é menos frequente nos países latinoso mediterrânicos (Espanha, Itália, Grécia), que nos países anglo-saxões onórdicos.


Estudos em mulheres japonesas que emigraram aEstados Unidos mostram que a freqüência de câncer de mama em essas mulheres seeleva ao aproximar-se do país americano em uma ou duas gerações. Estoindica uma possível relação dos fatores ambientais e do tipo de vidacon o câncer de mama.


Consultas ao médico


Consulte consultas sobre elcáncer de nossos usuários em “Pergunte almédico’


Fatores reprodutivos, gravidez


As mulherescom a primeira menstruação numa idade precoce e menopausa tardia tienenun risco maior de desenvolver câncer de mama. Uma menopausa após os 55años confere o dobro de probabilidade de desenvolver um câncer de mama que lasmujeres com menopausa antes dos 45 anos de idade.


Laincidencia desta doença é maior em mulheres que não tiveram filhos e nas que a primeira gravidez ocorre de forma tardia. Estima-Se que o riesgode câncer de mama em mulheres que tiveram o primeiro filho após os 30 añoses quase o dobro das que tiveram antes dos 20. O grupo de mayorriesgo é o das mulheres que tiveram o primeiro filho após os 35años.


Herança


Calcula-Se que até 10% de loscánceres de mama são hereditários. Este fator hereditário pode transmitirsepor ambos os pais, e alguns membros da família podem transmitir o genalterado sem que eles mesmos desenvolvam o câncer. Não são conhecidos conexactitud o conjunto de genes envolvidos no câncer de mama, mas sim se hanidentificado alguns que jogam papel importante neste tipo de tumores comoel gene BRCA.


Algumas dicas


Veja outros artigos de interesse:


Doenças anteriores da mama


Só ladenominada hiperplasia epitelial atípica da mama parece aumentar o riesgode câncer de mama em mulheres que tenham tido previamente.


Radiações


As denominadas radiações ionizantes são causa conhecida deldesarrollo de câncer de mama. Esta relação baseia-se em estudos realizados amediados de século com mulheres ou meninas adolescentes que haviam recibidoradiaciones no tórax por exposições repetidas a losrayos X como método de diagnóstico ou de tratamento. Elriesgo de desenvolver o tumor depende da idade em que receberam laradiación, a dose recebida em cada exposição aos raios e o número deveces que estiveram expostas (dose total).


Forma de vida


São contínuos os estudos atingidas realizadas sobre o câncer de mama e a aquisição de gorduras na dieta das pessoas. Alguns indicam que o óleo de oliva (a dieta mediterrânica ajuda a diminuir o risco de desenvolver o tumor, no entanto, são factoresque ainda precisam de mais estudos e a mais longo prazo. Ultimamente, a via de pesquisa está focalizando o consumo de soja como protetor contra alcáncer de mama.


O excesso de peso


Elsobrepeso está associado com um aumento de risco enmujeres pós-menopausa (até o dobro de risco do que as não obesas).


O álcool


Elalcohol não parece ser um fator claro no desarrollode câncer de mama, embora alguns trabalhos o relacionam de forma pococonsistente. Sim, você pode ter maior influência eltabaco, especialmente nos casos de mulheres mais jóvenesen que não costuma ser freqüente o câncer de mama, e no entanto lopresentan.


Hormônios


Existem grandes controvérsias sobresi o consumo deanticonceptivos orais aumenta o risco de padecercáncer de mama. Os grandes estudos realizados não conseguem chegar a um acordo deuna, de forma definitiva. Como orientação, podemos dizer que foi descrito unriesgo algo superior em pessoas que tomam esses medicamentos, mas quedicho risco é muito pequeno.


Terapia HormonalSustitutiva


Outras preparações hormonais que levam lasmujeres compõem o que se llamaTerapia Hormonal de Substituição (THS). São hormônios como gerenciam as mulheres menopáusicas para aliviar os sintomas que seproducen neste período. Com estes hormônios nos encontramos na mismasituación que com os contraceptivos orais: os estudos que surgem dão datosmuy diferentes, e não permitem tirar em cem por cento, se este tratamientoes um fator de risco para o câncer de mama ou não.


Podemos dizer, como regra geral, que as provas que poseemosactualmente sugerem que a THS não aumenta a mortalidade por câncer de mama,embora não se possa descartar de forma restrita para todas as mulheres um incrementoleve do risco de contrair a doença por esse tratamento.


Quais são lossíntomas do câncer de mama?


Nas fases iniciais de laenfermedad, as mulheres não apresentam nenhum tipo de sintomas, nem molestiasaparentes. Por isso, muitos dos cancros da mama que se diagnosticanactualmente, são mulheres que vêm a exames médicos de rotina, ou enprogramas de cribaje de câncer de mama.


Volume no peito


Em alguns casos, o primeiro sintoma é o aparecimento de unbulto no peito. A primeira coisa que devemos ter em conta o facto, para não nos assustar é que nem todos os volumes ou nódulos que aparecem no peito são um câncer de mama. A mulher nota ao refresque-se, no chuveiro, ou alponerse alguma peça de roupa que limpá-lo com o volume.


Alterações na pele


Às vezes, a mulher nota uma mudança de forma na pele de unazona do peito, com depressões ou rugas, que vai mudando com o tempo. Encasos avançados, pode adquirir o aspecto da pele de uma laranja. A vecesesta área ou o peito inteiro pode enrojecerse, aumentar de tamanho(inflamar).


Mudanças na pele do mamilo


Também puedenotar alterações na pele delpezón, que se prevê para o interior da mama,que se erosione ou descame (perca pele, pele), ou que tenha secreções por elmismo, tanto com aspecto leitoso, aquoso, ou com sangue.


Envolvimento de gânglios laaxila


Outro sinal que pode aparecer é o que deixa laafectación dos gânglios da axila, geralmente da mama afetada: puedeaparecer um ou vários volumes, que não são senão os gânglios que foram engrosadopor efeito do tumor.


Como é diagnosticado o câncer demama?


Diante de qualquer uma das alterações que acabamos decitar, é importante que a mulher consulte o seu médico de família. Este puedeiniciar um estudo de caso, para ultrapassar provas que possa depois ter elespecialista. Em outros casos, o médico de família, remete diretamente a lapaciente a esse especialista para que seja este quem faça elestudio.


Examenfísico


Consiste em uma primeira exploração, tanto generalcomo de ambas as mamas, axilas e pescoço. Com isso consegue-se determinar algúnnódulo na mama ou gânglios nas axilas.


Mamografias


Podemos dizer que são os raios-x das mamas. Possivelmente é a melhor prova para o estudo destas glândulas. Identificam áreas anormalesen o peito, mas que nem sempre têm de ser câncer de mama. Pode dar unaorientación sobre a benignidade ou malignidade destas áreas anormais, mas nouna segurança completa. Em mulheres jovens lasmamografías não costumam ser muito aclarativas, devido a ladiferente densidade da mama destas mulheres em relação a outras de maior idade;por este motivo, não é necessário nem útil praticar mamografias de rotina a estegrupo de mulheres jovens.


Ultra-som


Lasecografías podem ajudar no estudo, determinandosi um nódulo é sólido ou líquido, o seu tamanho, etc., Não são úteis como pruebasdefinitivas, mas para descartar outras doenças, como por ejemploquistes.


Punção-aspiração com agulha fina (PAAF)


Consiste na introdução de uma agulha no nódulo detectado previamente.Esta agulha permite a recolha de amostras com células desse intervalo, queserán analisadas ao microscópio. Às vezes, existem alterações no lasmamografías mas não podemos palpar nódulos, pelo que é necessário realizaresta punção com controle cad ou portadores.


Biópsia


Puedeocurrir que seja necessária uma quantidade maior de células da área anormal pararealizar o diagnóstico. Então, o médico recorrerá à tomada debiopsia. Consiste na tomada de uma amostra do tejidode a mama para a sua observação ao microscópio. Este processo pode ser feito conanestesia local ou geral, dependendo da situação de cada paciente e cadacaso. Há vezes em que se decide extrair cirurgicamente o nódulosospechoso, e analisá-lo durante a mesma cirurgia, de forma quesi há que ampliar a área cirúrgica, possa ser realizado em uma solavez, sem ter que voltar a paciente para a sala de cirurgia em outro momento.

Publicidade

Quais são os tipos de câncer de mama?


Podemosencontrar diferentes classificações do câncer de mama, que atendem adistintas características dos mesmos. Para evitar ficar confusos, vamos acomentar quais são os tipos mais comuns na população espanhola, dejandoaparte outros casos, mais raros.


Carcinomas não-invasivos


Os carcinomas noinvasivos são aqueles que não ultrapassaram algumas das estructurasmicroscópicas da mama. Dependendo de onde surgem, podem ser ductales(intraductales), ou lobulillares (intralobulillares). Por sua vez, os ductalespueden ter diferentes variedades microscópicas. Este tipo de carcinomas noinvasivos não é frequente que geram metástases, mas podem chegar ahacerse invasivos (ultrapassar essas estruturas mamárias).


Carcinomasinvasivos


Os invasivos são os tumores que são rebasadouna espécie de barreira na estrutura da mama. Dentre eles,temos:



  • O chamado ductalinfiltrante, que é o tipo mais comum de todos os cânceres de mama(70-80%).

  • Também existe o lobulillar mamária, muchomenos frequente.

  • Outros tipos especiais: medular,mucinoso, tubular, etc. já são menos comuns.

Outros tumores malignos


Outros tumores benignos podem aparecer no peito, por exemplo, losque se originam no tecido que dá sustento à glândula mamária (tejidoconectivo), e que chamamos de sarcomas. São raros, e não podemos dizer que seapropiamente um câncer de mama.


Como se trata o câncer demama?


Otratamento dependerá do tipo de tumor e da faseen que se encontre a doença: envolvimento de gânglios, extensão otrosórganos, etc. Por este motivo, existem classificações dos tumores segundo suextensión. Para compreendê-lo com mais facilidade, nós podemosclasificarlos em três grupos:


Câncer de mama precoce


É o que estáconfinado no peito e/ou nos gânglios da axila do mesmo lado delcuerpo.


Cáncerde mama localmente avançado


Afeta a pele ou áreas de lapared torácica próximas ao peito doente, mas não se espalhou para além delpecho e/ou axila. Sua perspectiva é pior do que o tipo precoce, e sua aparienciaes uma pele diretamente afetada pelo tumor, avermelhada, inchada. Deve-asa obstrução por células cancerosas de canais de drenagem de líquidos delpecho (vasos linfáticos), provocando esta inflamação da área que não puededrenarse.


Câncer de mama avançado


É o que se haextendido além da mama e da axila, ou seja, se espalhou a otraszonas ou órgãos do corpo. Por exemplo: gânglios do pescoço, ossos, fígado,pulmões ou cérebro.


Desenvolvimento do câncer demama


Inicialmente, as células tumorais estão confinadasen os lóbulos ou ductos mamários, que como sabemos que permitem chamá-lo noinvasivo ou “in situ”.


Os dois tipos principais, elductal e o lobulillar, são diferentes ao observá-los ao microscópio, eigualmente vão ser tratados de forma algo diferente. O ductal geralmente requerirtratamiento completo de cirurgia e radioterapia ou terapia hormonal, mientrasque o lobulillar não invasivo, só costuma exigir a remoção cirúrgica, yalgunos autores recomendam apenas o seu acompanhamento, sinintervenir.


O carcinoma ductal in situ, se não estratado, chega a se tornar invasora, estendendo-se ao tecido circundantedel peito. O período de tempo em que isso vai ocorrer, parece ser demeses a anos, ou seja, não há, em dias ou semanas.


Quando foi desenvolvido um câncer invasivo é quando mais riesgoexiste de que as células cancerígenas se espalhem para as glândulas linfáticascercanas, sendo os primeiros a incidir os gânglios da axila do mismolado do corpo. Outra área que pode se espalhar o tumor é por losvasos sanguíneos: as células invadem pequenos vasos que irrigam o câncer, ydesde lá podem circular em outros órgãos do corpo, originando as llamadasmetástasis. As áreas mais comuns de localização destas metástases são:ossos, pulmões, fígado e cérebro.


Você pode ser evitado elcáncer?


O fato de não conhecer uma única causa comum atodos os cânceres de mama, faz com que não possamos evitar, com toda a segurança eladquirir esta doença. No entanto, há uma série de fatos ou fatores quepueden contribuir para diminuir o risco de adquiri-la, ou mesmo de como sedice vulgarmente “pegá-lo a tempo”.


A exploraciónmamaria seletiva (os programas de diagnóstico precoce ou cribaje do câncer demama), podem reduzir a mortalidade, mas não a incidência do câncer de mama,e somente no grupo de pessoas com uma determinada idade em que se fazem losprogramas de cribaje.


Estes programas de cribaje,também chamados de screening do câncer de mama, normalmente feitas com frecuenciaen Portugal. Sua intenção é diagnosticar o mais precocemente um câncer de mama,para possibilitar um tratamento mais rápido e eficaz possível, tentando asídisminuir o risco de morte da mulher portadora de câncer. A idade decomienzo que a mulher deve recorrer a estes programas ainda está em debate, yvaría entre diferentes países. Por exemplo, a Sociedade Americana do Cáncerrecomienda que as mulheres entrem a partir dos quarenta anos. Em otrospaíses, a recomendação é feito a partir dos 45 ou 50. Também haycontroversias sobre cada quanto tempo deve ser repetida a prova de cribaje (quesuele ser uma mamografia), recomendándose cada ano, mas dependendo de laedad da mulher e os custos económicos dos programas de cribaje, enalgunas áreas se repetem a cada 2 ou 3 anos.


As mujeresmenores de 40 anos, geralmente, não precisam se submeter a este tipo deprogramas, uma vez que o câncer de mama, abaixo dessas idades é pocofrecuente (embora não há que esquecer que se dão casos em mulheres jovens), yademás, a mamografia em mulheres jovens não traz tão boas informações comoen mulheres idosas, devido à maior densidade do tecido mamário em lasjóvenes, e pode levar a diagnósticos pouco claros.


Aqui devemos recomendar às mulheres que sejam citadas enestos programas de cribaje que venham a ser realizados testes, já queconstituyen um benefício para elas mesmas.

Dr. J. Michael Dixon, especialista em Cirurgia Geral. Atualizado: 09-02-2017 Revisado por: Dr. José Luis Monroy Antón, especialista em Oncologia magnus amaral campos,

30 semanas de gravidez – Gravida de 30 semanas

Desenvolvimento do feto


O bebê é posicionado para sair


Seu bebê foi possível colocar no útero, o de se prepararem para o grande dia! Mas, em outros casos, o bebê tomará alguma semana em dar a volta. Não temas, obstretas e as parteiras estão acostumados e sabem se adaptar perfeitamente a esta situação. Ler mais…


Sintomas da semana 30


– Terceira ecografia da gravidez


– O bebê vai virar


– Formigamento


– Problemas intestinais


Alterações no seu corpo


Neste ponto da gravidez, é possível que o feto já se tenha dado a volta dentro do útero, e assim está preparado para o grande dia. Esta posição pode provocar um certo desconforto, já que a cabeça da criatura se apoia em seu períneo e os seus pés se dão socos na caixa torácica. Em outros casos, o feto se virará mais tarde… ou, não o fará! O bebê não virá, então, de cabeça, mas serão as nádegas o que presentes, em primeiro lugar. Não tenha medo, os obstetras e parteiras estão acostumados a isso e sabem lidar perfeitamente essa situação.


A nove semanas de sair de contas algumas mulheres mais do que as outras sentem muitas dores, como dores lombares, distúrbio do sono, dor de estômago, problemas intestinais. É muito frequente que as pernas estão inchadas, especialmente se é verão e faz calor. Você também tem a impressão de ficar sem fôlego com o mínimo esforço. Para isso, pode-se adicionar o aparecimento de dores e formigamento nos braços, especialmente no final da noite, são a consequência de as compressões nervosas devido às alterações da coluna vertebral, que acarreta a gravidez.


Embora desagradáveis, todos esses sintomas são normais. Mas não hesite em discuti-las com o médico nas consultas mensais.


Temas interessantes nesta semana


Contaminação cruzada: o Perigo!


O frenesi da culinária pode fazer com que guardemos juntos os alimentos de natureza diferente, o que pode favorecer as chamadas contaminações cruzadas. Saiba algumas regras de higiene básicas para evitá-las. Ler mais…


Prevenir o risco de varizes


Embora a gravidez costuma ser um período de felicidade, não está isento de preocupações. As pernas, sem ir mais longe, pode ressentir-se enormemente. A pressão que exerce a tripa sobre a parte inferior do corpo, a secreção hormonal e as veias fragilizadas aumentam o risco de varizes. Assim, a prevenção é capital. Explicamos-Te, em que consiste. Ler mais…


Tocofobia ou pânico ao parto


Se bem que a maioria das mulheres temem a dor do parto, algumas têm tanto pânico que preferem não ficar grávida ou interromper a gravidez, mas realmente tenham vontade de ter um bebê. Alguns psiquiatras ingleses levantam o véu sobre esta doença curiosa e pouco conhecida. Ler mais…


A. Pelletier

Libid Gel Funciona? Da Resultados?

Libid Gel é um gel potencializador de alta performance para homens que buscam um alto desempenho sexual. Formulado com ingredientes naturais únicos, Libid Gel retarda a ejaculação,aumenta a intensidade dos orgasmos masculinos e combate a Impotência Sexual.

Como Libid Gel Funciona?

O Libid Gel oferece resultados sensacionais. Utilizado todos os dias e de forma correta, você sentirá a diferença rapidamente e voltará a ter experiências maravilhosas na cama.

http://corpomoderno.com.br/wp-content/uploads/2018/06/libidgel.png

É importante salientar que esta é uma mercadoria confiável e a sua composição é a base de água, elementos não gordurosos e que pode adotada até por indivíduos com dietas de limitação de açúcar. Além disso, muitos homens já compartilharam relatos satisfatórios nas redes sociais e fóruns de debate.

Problemas de Ereção na Vida dos Homens

Quando o cidadão enfrenta uma dificuldade na sua vida amorosa, praticamente tudo a sua volta também acaba sendo negativamente afetado.

Caso você esteja sofrendo com a ejaculação precoce, a impotência sexual ou a disfunção erétil, é possível que também esteja lidando com a baixa autoestima na sua capacidade de sentir e dar prazer para a sua parceira.

http://josewilamearaujorodrigues.com.br/wp-content/uploads/2019/01/libid-gel-funciona.jpg

 

 A partir daí, a relação pode ser comprometida e tudo desmoronar em uma questão de tempo. Busque ajuda!

Libid Gel Melhora a Vida Sexual

Quando você encontra uma solução real para o seu problema, a tendência é que tudo a sua volta também entre nos eixos.

https://saudedoshomens.net/wp-content/uploads/2018/06/composicao-libidgel-aloevera-natural.jpg

 Ao usar corretamente o Libid Gel, você conseguirá recuperar os momentos de prazer ao lado de sua companheira e, por conseqüência, a sua confiança. Logo, você se sentirá muito mais disposto, energizado e pronto para encarar os desafios em todos os aspectos de sua vida.

Benefícios do Libid Gel

Com uma composição natural, o Libid Gel é rapidamente absorvido e acaba por proporcionar força, disposição e desejo sexual. Quer saber mais?

  1. Arginina: este é um elemento que aumenta as medidas do seu órgão sexual;
  2. Glicina: auxilia a controlar a ejaculação e prolongar a relação sexual;
  3. Catuaba: famoso afrodisíaco brasileiro para melhorar sua performance,
  4. Guaraná: energético natural para sua noite durar horas e horas;
  5. Magnésio: útil para aumentar o seu desejo sexual!

Libid Gel Tem Contraindicações?

A resposta é não. Como ocorre com todos os suplementos de origem natural, o Libid Gel não tem nenhum efeito colateral e tampouco contraindicações. O uso pode ser feito por qualquer indivíduo com 18 ou mais e que deseje se livrar de qualquer dificuldade na Hora H.

https://http2.mlstatic.com/libid-gel-aumento-do-pnis-libidgel-aumento-peniano-homem-D_NQ_NP_794861-MLB28333000961_102018-F.jpg

No entanto, o modo de utilização precisa ser seguido corretamente a fim de se alcançar o resultado desejado. O ideal é usar o produto por um mês consecutivo e até 120 minutos antes do ato sexual.

Libid Gel ANVISA

Vale salientar que o Libid Gel conta com a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para a sua comercialização no Brasil.

Como citado anteriormente, o produto é feito com elementos naturais e não oferece riscos a sua integridade física e mental. Por isso, é indispensável comprar esse item apenas no local correto, certo?

Libid Gel Depoimentos

Está precisando ouvir o relato de alguém que já teve contato com o produto para finalizar a sua compra? Não tem problema! Dezenas de consumidores já dividiram a sua experiência com o Libid Gel com amigos e conhecidos nas redes sociais. Aos 47 anos, Cleber Andrade, de São Paulo, foi um destes exemplos.

 

Libid Gel Preço

Com três valores diferentes, o Libid Gel pode ser adquirido agora mesmo com entrega em todo o Brasil e um brinde especial. Sendo assim, você possui opções que cabem no seu bolso e podem solucionar prontamente o seu problema na cama. Desta maneira, dá para escolher a alternativa que se ajusta ao seu caso agora mesmo, não é? No entanto, você seria capaz de pensar em economia quando se trata de reencontrar a sua satisfação sexual?

CUPOM DE DESCONTO Libid Gel

E essa é uma excelente notícia! Se Não bastassem todos os benefícios gerados a partir do uso correto do Libid Gel, nós também conseguimos um cupom de desconto incrível para os nossos leitores. O nosso site é o único que oferece uma promoção tão especial e que deixa esse produto ainda mais indispensável. Mas, você precisa se apressar porque essas condições diferenciadas tem tempo limitado. Vamos lá?

Onde Comprar Libid Gel?

Quando se está prestes a encontrar a solução para um dos seus principais dramas nos dias de hoje, você vai diretamente à fonte mais confiável, não é?

https://saudedoshomens.net/wp-content/uploads/2018/06/preco-libid-gel.png

Sendo assim, você precisa estar ciente que o único lugar autorizado pelo laboratório para comercializar o Libid Gel é o seu site oficial. Lá, você ainda pode comprar no boleto ou cartão de crédito, podendo até parcelar e receber o produto rapidamente. Isso porque a compra é confirmada prontamente com o uso do cartão!

Libid Gel Vende no Mercado Livre?

Como citado anteriormente, a única plataforma autorizada pelo laboratório a vender o Libid Gel é o site oficial. Porém, você poderá até encontrar ofertas anunciando esse produto em sites diferentes, como, por exemplo, o Mercado Livre. No entanto, você não deve cair nessa armação! Além de não contar com liberação para comercializar o produto original, esse pode ser um golpe para roubar os seus dados bancários e pessoais. Dispense imitações!

Outra opção não indicada mas que você encontra no mercado negro é o PRAMIL, mas nós não indicamos a compra do Pramil por ele não ser natural e poder fazer mal a sua saúde.

Libid Gel Reclamações

Nos dias de hoje, é muito comum encontrar referências sobre os produtos do seu interesse. A boa notícia é que o Libid Gel praticamente não possui queixas nos fóruns de debate espalhados pela rede. Entretanto, alguns consumidores relataram uma certa lentidão na entrega que fica a mercê do serviço dos Correios, das paralisações e até mesmo dos feriados. No fim das contas, não há reclamações relacionadas a eficiência do produto!

Libid Gel Tem Garantia

Agora você já conhece todos os diferenciais do Libid Gel e como pode fazer realmente a diferença na sua vida sexual, mas você quer mais um motivo para fazer essa compra? Você terá um prazo de 30 dias para usar o produto e avaliar o resultado. Se Não ficar satisfeito, basta pedir o seu dinheiro de volta! Isso que é confiança no produto, né?

Câncer de fígado

O que é o câncer no fígado?


O fígado é unórgano sólido, de cor marrom, localizado na parte superior direita do abdômen,escondido atrás de reforços. Fundamentalmente se encarrega de destruir,transformar e eliminar muitas substâncias do organismo, sobretudo labilirrubina e outros pigmentos, e de fabricar uma grande quantidade de elementos. Laeliminación das substâncias é feito por dutos biliares para elintestino ou por liberação de substâncias metabolizadas por torrentesanguíneo. Recebe sangue da artéria hepática e da veia porta(a que sai quase todo o sangue proveniente do intestino).


O câncer é a proliferação descontrolada ygeneralmente agressiva, de um grupo de células malignas, que em comum seorganizan formando um ou mais tumores e que têm tendência a invadir otrostejidos saudáveis e a disseminar-se pelo organismo, por via sanguínea, linfática, por mera contigüidade, formando metástases.


Mais sobre o câncer


Consulte nossa seção ‘Pr’ yencontará descrição detalhada dos cancros mais frequentes, assim como muchosartículos relacionados com a doença.


O fígado pode afetar o câncer de 2 formasdistintas:



  • Tumoresque se originam no fígado (câncer primário do fígado)

  • Tumores ‘provenientes’ de outros órgãos. O fígado é um losórganos mais afetados por metástases de cancros de outras posições. Estehecho, que pode ocorrer em praticamente qualquer órgão do corpo, cobraespecial importância no caso do fígado, pois as metástases são 3 vezes másfrecuentes que os tumores primários.

O cáncerprimario de fígado pode ter basicamente duas origens: as célulaspropias do fígado ou hepatócitos e os canais pelos quais passa a bile.Falaremos, então, de tetracloreto de carbono, no primeiro caso e de colangiocarcinomaen o segundo.


Consultasal médico


Veja em ” Pergunte ao médico’muitas perguntas respondidas por especialistas de NetDoctor.


No fígado podem ocorrer metástase prácticamentetodos os tipos de cânceres que existem no homem, mas, sem dúvida, os que conmás freqüência metastatizan neste órgão são os tumores abdominais, sobretudo os decolon (com diferença sobre o resto)estômago ypáncreas. Os órgãos abdominais não, os cánceresque com mais freqüência afetam o fígado são os demama e depulmón.


Como ocorre o câncer em elhígado?


O carcinoma hepatocelular é um tumor que afectafundamentalmente pacientes que sofrem algum tipo de doença crônica delhígado, acima de tudo, lacirrosis hepática (alcoólica ou não) e lashepatitis crônicas viralesB yC. Outras situações em que aumenta o risco dehepatocarcinoma são a ingestão de aflatoxinas (substâncias tóxicas de unhongo), lahemocromatosis e eldéficit de alfa-um-antitripsina. Este câncer é muchomás frequente em países do Extremo Oriente que, em nosso meio, e esprobable que a sua incidência (número de casos que aparecem ao ano em unapoblación) diminua à medida que se estende a vacinação contra o vírus Bde da hepatite.


O colangiocarcinoma é mais frecuentesegún avança a idade e, como o anterior, a sua incidência aumenta muito em lospaíses orientais. Embora normalmente aparecem de forma espontânea, sem queexistan em pacientes com fatores de risco, no caso de pacientes concolangitis se (uma doença inflamatória das vias biliares)o risco é aumentada ao quíntuplo. O colangiocarcinoma é possível presentartanto nos ductos biliares dentro do fígado em que estánfuera.


As metástases hepáticas ocorrem quando eltumor passou para o sangue em seu ponto de origem e foi transferido por losvasos sanguíneos armazenado nos depósitos de fígado. A lógica faz pensar que cuandoun tumor foi passado ao sangue pode depositar-se no fígado e no otrosmuchos lugares, mas isto nem sempre é assim. De todas as formas, sim, que indica queesté onde está o tumor original, agora é um tumor avançado e que requeriráde algo mais do que a cirurgia do tumor primário para o seu tratamento. Lasmetástasis no fígado podem ser observadas, uma vez que se diagnostica o tumoren sua origem (e, às vezes, é o motivo pelo qual se detecta o tumor) ou em lasrevisiones passado um tempo após o tratamento do foco primário detumor.


Quais são os sintomas do câncer no fígado?


Inicialmente os sintomas são os mismosindependientemente do tipo de tumor em questão, ou seja, nenhum.Geralmente, estes tumores são diagnosticados por alterações nas análises querem resenhas, de um tumor já tratado ou de uma cirrose ohepatitis.


Até que os tumores não alcançam um tamañoconsiderable não começa a dar sintomas. No início pode haver uma sensaciónde peso no lado direito, acompanhada de perda de apetite e de peso.Em seguida, pode aparecer dor alongamento da bainha ou cápsula queenvuelve ao fígado, ou o paciente pode começar a colocar amarelo (ictérico)por obstrução dos dutos da bílis ou pela destruição das célulasencargadas de eliminar a bilirrubina. Finalmente, quando a destruição delhígado é maior vai afetando a consciência, podendo entrar em coma. Otrasalteraciones possíveis são as náuseas, os arrepios e as alterações de lacoagulación.


Além desses sintomas também puedenaparecer outros pelo aparecimento de metástases em outros locais. Metástasisque podem derivar tanto de tumores primários do fígado, como podem serotras metástase do tumor que as originou no fígado.


Como é diagnosticado o câncer no elhígado?


Na história clínica, o médico irá coletar losantecedentes do paciente sobre a possibilidade de hepatite crônica ou cirrose,os antecedentes de tumores ou outros sintomas que possam orientar eldiagnóstico. No exame físico, às vezes, pode-se palpar um agrandamientoirregular da borda inferior do fígado, você pode encontrar um tinteamarillento nos olhos ou se podem encontrar outros dados de enfermedadhepática ou da origem das metástases (volumes no abdómen ou no peito,alterações na ausculta, sangue no reto…).


É frequente que apareçam alterações no elanálisis de sangue. As transaminases se tendem a aumentar(se é que não o eram anteriormente os doentes do fígado) pordestrucción de células do fígado pelo tumor. Pode ocorrer aumento de labilirrubina em diferente intensidade por obstrução dos ductos biliares, por falta de células hepáticas. Unaanemia pode apontar para um tumor no tubo digestivocomo origem de metástases.


Laecografía é o teste mais utilizado para o estudioinicial do fígado e, portanto, costuma ser a prova a que se detectanlos tumores no mesmo. Com a ultra-sonografia é possível verificar o número, lalocalización e a aparência (portadores) de tumores hepáticos. Também aportainformación sobre a possibilidade de doença crônica do fígado, sobre unaposible obstrução dos ductos biliares e pode apontar um possível origensi é um tumor metastático.


Elescáner ou TAC abdominal é a prova de maior valorpara estabelecer o diagnóstico e para planejar o tratamento. É mais sensibleque a ecografia para localizar tumores. Traz informações sobre lalocalización dos tumores e, por conseguinte, sobre a possibilidade de extirparlos.Além disso, você pode usar de guia para realizar uma punção e obter unabiopsia. Usado com uma substância de contraste (querealza as imagens) chamada lipiodol aumenta sua rentabilidade diagnóstica em elcaso do tetracloreto de carbono.


Então, em função de losresultados obtidos nestes testes, pode-se considerar necessário completarel estudo com outros exames, como endoscopia, colonoscopia,arteriografía,paulo, etc.


Como se trata o câncer em elhígado?


Em geral, o melhor tratamento é a extirpaciónquirúrgica. Para isso é necessário que a lesão ou lesões estejam em unaporción do fígado que permita extirparlas todas sem sacrificar excessivo hígadocomo para impedir a sobrevivência. Às vezes isso só pode ser comprobadodurante a intervenção cirúrgica, tendo, então, que decidir se seguiradelante com a ressecção hepática (retirada de parte do tecido hepáticoincluyendo da lesão) ou optar por outro tipo de tratamento.


Quando os tumores não são extirpables você pode optar por otrasalternativas em função do tipo de tumor em questão, embora em generalcomo tratamento paliativo:


Metástases


Podem tratar-se mediantequimioterapia intravenosa (pela veia no braço oel pescoço) ou intra-arterial (aplicada diretamente sobre a artéria hepática), de acordo com a programação adequada para o tipo de tumor em questão. Em caso algum universidade conseguido após alguns ciclos de quimioterapia se possam retirar lostumores hepáticos.


Colangiocarcinoma


É pior do tratamento e, às vezes, a única coisa que se pode fazer é colocar algum tipo de prótese (stent) treinador ductos biliares para permitir a diminuição de laictericia.


Tetracloreto de carbono


As alternativas mais utilizadas são laetanolización da lesão (injeção de álcool no tumor sob controlecográfico, com o propósito de destruí-lo) e a embolização ou obstrução da artéria hepática. Além disso, existem vários protocolos de investigação conquimioterapia sobre tudo intraarterial; e em alguns casos muito apontados detumor pequeno e localizado com função hepática deteriorada pode estarindicada a realização de um transplante de fígado.


Atualmente, estão testando diferentes técnicas à base defrío com nitrogênio líquido (crioterapia) ou com radiofrequência (hipertermia ocalor excessivo) para destruir os tumores do fígado, sem ter que abrir elabdomen com resultados aceitáveis transitoriamente, sobre tudo no caso demetástasis.


O que complicações podem surgir?


A resecciónhepática é uma técnica cirúrgica agressiva, o que implica importantescomplicaciones e uma mortalidade nada desprezível (até cerca de un5%-10%). No entanto, com as melhorias técnicas adquiridas ao longo de losúltimos anos por alguns grupos, conseguiu-se diminuir de maneraimportante a mortalidade e a morbidade (complicações) por resecciónhepática. As complicações mais comuns são a infecção, lascomplicaciones respiratórias (atelectasias ou colapsos pulmonares, derramepleural,pneumonia) e as fístulas biliares. No entanto, siendomenos frequentes, hemorragia e insuficiência hepática pós-operatória sonlas mais temidas, pois podem condicionar a sobrevivência do paciente. Estascomplicaciones são tanto mais frequentes quanto mais elevada é a ressecção a realizary quanto mais prejudicada é a função hepática.


Laembolización da artéria hepática também pode chegar a condicionar unainsuficiencia hepática. A quimioterapia intraarterial pode dar complicacionessobre o duodeno e o pâncreas. Com a crioterapia e a radiofrequência é handescrito poucas complicações, mas a experiência não é muito grande. Lacolocación de próteses biliares pode produzir hemorragias e infecções de labilis.

Publicidade

O Quépronóstico tem o câncer no fígado?


Em geral elpronóstico do câncer no fígado é muito ruim.



  • Por um lado, a existência de metástasishepáticas implica a existência de células tumorais na corrente sanguíneoque podem dar lugar a novas metástases tanto no fígado como no otraslocalizaciones. Ainda assim, a remoção e a quimioterapia são demostradoaumentar a sobrevivência destes pacientes.

  • Por elotro, os tumores primários do fígado são bastante agressivos do elprincipio. Os colangiocarcinomas são extirpables em um percentual mínimo decasos, que costuma se referir aos que afetam a via biliar por fora delhígado. Os carcinoma hepatocelular em contrapartida costumam ter mais possibilidades deresección, graças, principalmente, os controles que são feitos para os pacientescon hepatopatías. No entanto, a deterioração da situação hepática de estospacientes condiciona tanto a resecabilidad dos tumores, como lasupervivencia.

Como Se pode prevenir o câncer no fígado?


Lossiguientes dicas ajudam a prevenir o câncer de fígado ou a diagnosticarlotempranamente e, portanto, com maiores opções detratamiento:



  • Vacinação contraelvirus da hepatite B

  • Abstinência dealcohol

  • Assistência a controlesrutinarios após o tratamento de um câncer para poder diagnosticartempranamente as metástases.

  • Análise de rutinay tirar as alterações que possam aparecer, principalmente se se trata deaumentos das transaminases ou da bilirrubina.
Dr. Per Grinsted, médicogeneral. Dr. Alastair J. Munro, especialistaOncología magnus amaral campos. Atualizado: 18-01-2015 Revisado por: Dr. Antonio BarrasaShaw, especialista em Cirurgia Geral e do AparatoDigestivo,

3 semanas de gravidez – Gravida de 3 semanas

Desenvolvimento do feto


Seu coração começa a bater…


Com três semanas, o embrião dobra seu volume a cada dia. Tem uma forma alongada e mede cerca de 1,25 mm neste período, o seu pequeno coração começa a pulsar através da fusão de dois vasos sanguíneos. Até aqui, o embrião se alimenta graças ao saco vitelino e os nutrientes presentes na mucosa uterina.Ler mais…


Sintomas da semana 3


– Período de atraso


– Sonolência


– Irritabilidade


– Náuseas matinais


– Micção freqüente


Alterações no seu corpo


Não se tem vindo a regra, então, se ainda não se decidiu a fazê-lo, procure um teste de gravidez para confirmar o seu estado. Talvez algumas mudanças se tenham posto alerta; é lógico, já que o corpo começa a reagir perante o grande bombardeio hormonal a que está submetido: cansaço, irritabilidade, mudanças de humor… … nem tu mesma te reconhece!


Tu, que sempre era a última a deitar-se não aguantas nem cinco minutos com os olhos abertos para o que se túmulos no sofá. No início da gravidez é normal sentir tonturas e até mesmo uma vontade irresistível de dormir durante o dia. Isso se deve ao efeito sedativo da progesterona.


Embora normalmente aparecem na quinta ou sexta semana de gravidez, como já sente as famosas enjôos matinais, tão temidas pelas futuras mães. Mas não se preocupe, geralmente são transitórias e desaparecem totalmente entre as semanas 14 e 16 da gestação.


Outro sinal característico é observar umas frequentes vontade de urinar. Normal, vários fenômenos concorrem para isso: o útero, o mais volumoso, você pressiona sobre a bexiga, os rins têm mais trabalho por causa do aumento do volume sanguíneo; e, finalmente, a progesterona, que ele foi baleado, estimula o músculo da bexiga, o que lhe dá a impressão de que está cheia, mesmo quando não é assim.


Temas interessantes nesta semana


Prevenir as malformações


As contribuições de ferro, iodo, cálcio e vitaminas B9 e D devem ser aumentado, desde o início da gravidez e, em alguns casos, mesmo em que a mulher decide ter um bebê. É o momento ideal para adotar bons hábitos e, assim, passar de uma gravidez com total tranquilidade. Ler mais…


As chaves para deixar de fumar


Os danos do tabagismo materno na saúde do bebê são evidentes. No entanto, muitas mulheres grávidas continuam fumando. Como ajudá-las a abandonar o cigarro? Quais são os métodos recomendados para deixar de fumar? Ler mais…


Mãe em qualquer idade


Diga-me que idade tens e eu te direi que tipo de mãe você é. Aos 20, 30 ou 40 anos, as mães não têm exatamente a mesma forma de abordar o nascimento e criar seu filho. Preocupações materiais, gestão do tempo, conciliação da vida profissional e pessoal… Em seguida, apresentamos os diferentes perfis de as mães de hoje em dia. Ler mais…


Tosse convulsa: a proteção do bebê passa por ti!


A tosse convulsa, apesar do que se possa acreditar, não é uma doença do passado. O número de recém-nascidos infectados aumentou, devido à baixa imunização dos adultos que os cercam. Por isso, os médicos especialistas insistem na importância de vacinar os pais na própria unidade de maternidade. Ler mais…


Nada de álcool durante a gravidez


O álcool, como muitas substâncias, atravessa a placenta e passa a circulação sangüínea da mãe para a criança. Deste modo, constata-se que a absorção de bebidas alcoólicas durante a gestação não é particularmente favorável para o sistema nervoso e outros tecidos do feto em desenvolvimento. Ler mais…


A. Pelletier

Alergia ao látex

A epidemia da aids a partir dos anos oitenta que lhe devolveu o protagonismo a um método contraceptivo conhecido desde a Antiguidade. O preservativo é o único capaz de evitar o contágio de doenças sexualmente transmissíveis.


Quando o prazer e o látex não fazem boas migas


Material base dos produtos em borracha, o látex é extraído da seiva da árvore da borracha tropical, o chamado Hévea brisiliensis. Hoje em dia o encontramos em uma infinidade de produtos: luvas, tetinas, toucas de banho, na colagem dos envelopes e, é claro, no uso de preservativos. A alergia a este material natural tem sido reconhecida como um problema de saúde pública desde o final dos anos oitenta.


E desde então, não parou de aumentar. Capaz de aparecer em qualquer idade, a alergia ao látex afecta sobretudo as mulheres. Os sintomas costumam ser moderados, mas às vezes podem ter consequências mais graves, como a urticária de contato ou rinoconjuntivite. Mais ocasionalmente, o látex pode causar sensação de asfixia, asma ou um estado de choque anafilático com perda de consciência.


O diagnóstico pode ser estabelecido durante os testes cutâneos que pratique um alergistas. Se o resultado for positivo, o paciente deve apontar, se fosse relevante, ao médico e ao dentista e evitar todo o contacto com o material. No entanto, até há pouco, a pessoa ficava desprotegida contra as doenças de transmissão sexual.


Não te prives do prazer!


Não é uma questão de escolher entre a abstinência e a alergia. Aqui você tem algumas alternativas ao látex.



  • Crystal (Manix): o preservativo hipoalergênico em látex desproteinizado, ou seja, pobre em proteínas de látex natural. No decorrer de cada fase de produção, as lavagens intensivos extraem o alérgeno, com o objetivo de limitar o seu conteúdo. De acordo com um estudo clínico realizado pelo médico Leynadier, do Hospital Tenon, de Paris, este látex desproteinizado minimiza o risco de alergias.

  • Femidon (Terpan): o preservativo feminino é uma bolsa à base de poliuretano e não contém látex. Para saber mais sobre o seu desempenho, você pode ler o nosso artigo “O preservativo feminino”.

  • Avanti (Durex): o último dos preservativos masculinos é, sem látex. Em lugar de este componente usa um novo tipo de espuma de poliuretano: o duron. Mais resistente que os de látex, transparente, sem cheiro e muito fino (0,045 mm), este produto pode seduzir até mesmo os que não são alérgicas aos preservativos tradicionais.

  • Protex Original (Protex): este preservativo em poliuretano ultra-thin desafia os limites da finura, mede apenas 35 mícrons de largura! É, provavelmente, o mais fino do mundo.

Para que possa escolher o melhor, nós resumimos as informações sobre os produtos em uma caixa:


Marca /
Fabricante


Longo


Largura


Reservatório


Espessura


Lubrificado


Em caixas de:


Avanti / Durex


180 mm


64
mm


Sim


0,045 mm


Sim


Pack de 2:
4,42€


Pack de 5:
10,52€


Crystal / Manix


185 mm


54
mm


Sim


0,055 a 0,060 mm


Sim


Caixa de 12:
cerca de


11,59 €


Femidom* /
Terpan


170 mm


78
mm


NA


0,042 à 0,053 mm


Sim


Por unidade ou em caixas de 3 :
cerca de
1,52€ a unidade


Protex Original (Protex)


190 mm


58
mm


Sim


0.035 mm


Sim


Caixas de 6, cerca de 9€


* sistema reprodutor feminino.


D. Bême

Alergia ao esperma

Descrita pela primeira vez na Alemanha, em 1958, a alergia ao esperma é cada vez mais frequente. Mas mais do que um aumento real do fenômeno, a evolução se traduz em uma maior sensibilidade do corpo médico da doença.


Uma condição muito rara


Felizmente, a alergia ao esperma é uma doença pouco comum, que sofrem, sobre tudo as jovens, no início de sua vida sexual. Manifesta-Se de forma local, por meio de irritações dolorosas, dores abdominais, inchaço da área genital, comichão violentos… O aparecimento destas perturbações durante os cinco minutos que se seguem ao coito é muito incapacitante para a mulher; e também para o casal no seu conjunto. Para a semelhança dos sintomas, a alergia ao esperma não se deve confundir com as infecções locais: cistite, fungos, herpes… De maneira que o primeiro e principal é não descartar este tipo de alergia na hora de fazer um diagnóstico.


“Esta condição íntima não é menor, os sintomas podem limitar-se a manifestações locais durante meses ou anos antes de adquirir formas mais graves, como choque anafilático”, explica o doutor Mathelier-Fusade, alergistas do Hospital Tenón, de Paris. Assim, na hora de avançar para a relação sexual, algumas mulheres podem sofrer de urticária generalizada, hipotensão arterial, asma e até mesmo uma perda de consciência ou um edema de Quincke, uma forma de alergia sistemática que pode provocar a morte.


De acordo com pesquisadores da Universidade de Cincinnati, a freqüência desta doença seria maior do que o previsto. Se os sintomas locais desaparecem com o uso de um preservativo ou se os tratamentos contra as infecções não são, não deve esquecer-se a possibilidade de que haja uma alergia ao esperma.


Um diagnóstico difícil


Atualmente, a hipótese mais provável é que o mecanismo desta alergia seja comparável ao da febre do feno. Um fenômenos bem conhecido que compreende duas fases:



  • Durante a primeira exposição, a chamada sensibilização, a alergia vai induzir uma resposta imunitária contra a substância. Ao longo desta primeira fase, o indivíduo produz anticorpos específicos, IgE que reconhecem, precisamente, o alérgenos em questão.


  • Estes anticorpos aderem a algumas células mucosas. Em seguida, e por um novo contato, o alérgeno, se reencontra com as células portadoras de anticorpos IgE e os estimula, provocando uma liberação de fatores inflamatórios como a histamina. É esta reação inflamatória que desencadeia os problemas locais.

O alérgeno específico da gozada ainda deve ser determinado, alguns especialistas têm considerado ainda a possibilidade de que as substâncias responsáveis pela alergia contidas no esperma provenham de medicamentos ou de comida… E, dado que existem casos após a gravidez, a hipótese de alergias cruzadas não se descarta. Durante este tipo de alergias, a fase de sensibilização inicial não ocorre por um alérgeno, o sêmen, mas por outro que se parece com ele. Este pode ser de outra natureza e vir da alimentação ou de um pulverizador, etc.


Em caso de suspeita forte, o diagnóstico é confirmado através de:



  • Testes cutâneos, à base de extrato de ejaculação do parceiro (depois de ter verificado a ausência de risco de contágio de hepatite ou aids).

  • Uma dosagem de IgE específica, que normalmente dá positivo, se as reações alérgicas são graves.

Uma gravidez é possível


Além da abstinência, o tipo de prevenção mais evidente é o uso do preservativo durante as relações tanto genital como anal e oral, já que todas as mucosas são sensíveis aos alérgenos. Cremes vaginais à base de cromones podem aliviar os sintomas locais.


“No entanto, o uso do preservativo não é uma alternativa para o casal que deseja ter um filho. Neste caso, pode-se considerar uma inseminação artificial ou uma dessensibilização. Esta se realiza por via injetável ou vaginal, pode durar vários meses e dá bons resultados”, conclui o Mathelier-Fusade. Há que se lembrar que mudar de parceiro, não permitirá acabar com a alergia, que é independente da origem do esperma.


Tendo em conta o íntimo de este tipo de alergia e a confidencialidade que existe entre o grande público e o corpo médico, não é raro que as mulheres recebam um diagnóstico passados meses e até mesmo anos desde o aparecimento dos primeiros sintomas. Como a rinite alérgica, alguns casos de alergia ao esperma desaparecem espontaneamente. No entanto, em caso de dúvida –e sempre tendo em conta que se trata de um problema extremamente raro–, consulte o seu médico.


D. Bême

8 os remédios que o médico avalia

Resultado de anos de experiência e conhecimento popular; transmitidos de geração em geração, os remédios caseiros naturais ou das avós têm bases médicas empírico, como afirma o Dr. Javier Sánchez Nava, médico do Colégio de Pediatras da Cidade do México.


Estes são alguns dos remédios mais comuns, os que se confirmou que funcionam, e funcionam bem.


Remédio caseiro para assaduras


Se o seu bebê se aproximou, cada vez que mudar a fralda, usa amido de milho, como talco. Para limpar a área, use água previamente fervida com uma colher de sopa de vinagre branco ou de bicarbonato de sódio.


Remédio caseiro para prisão de ventre


Para os avós, nada como a ameixa passa para melhorar os sintomas deste “apertado” mal. Coloque para ferver cinco ameixas secas em meio litro de água, tomar meio copo de esta infusão a cada 12 horas, por dois dias. Você vai notar a mudança.


Remédio caseiro para a tosse


As vovós costumavam recomendar, além de mel com o suco de limão, uma infusão das flores e ramos do gordolobo –uma planta de cor verde-acinzentada e flores amarelas com diversas aplicações medicinais – no leite. Tinha que levá-la três vezes por dia, durante os episódios de tosse. O Dr. Sánchez Nava confirma que é um excelente remédio.


Remédio caseiro para a febre


Para baixar a temperatura sem a necessidade de tomar comprimidos, você tem que colocar compressas de água fria em axilas, face, inglês e panturrilhas ou tomar um banho de dez minutos com água morna (não quente nem frio!). Pelo contrário, o Dr. Sánchez Nava desaconselha um dos mais recomendados remédios das avós: as friegas ou massagens com álcool no corpo; “não ajudam em nada e podem ser tóxicos”.


Remédio caseiro para a diarreia


A popular “água de arroz” para as diarréia é um excelente remédio para este distúrbio gástrico. Ferve um litro de água; adiciona dois punhos de arroz e uma colher café de sal. Deixa-se repousar e bébela como água de uso. O especialista também recomenda outra das curas das viejitas: comer maçã ou goiabas. “Ambos são adstringentes”, assegura o especialista.


Remédio caseiro para frequente


As mudanças climáticas estão entre os fatores que mais nos “joga na cama”. Para as incómodas frequente, as avós recomendavam gargarejar com o suco de três limões e três colheres de sopa de água e uma colher de chá de bicarbonato de sódio. Isso pelo menos três vezes ao dia.


Remédio caseiro para dores de cabeça


“O alecrim em chá é um remédio muito bom”, explica o Dr. Sánchez Nava. “Foi uma das sessões mais utilizadas por nossos avós; teria que refazê-lo”.


Remédio caseiro para congestão nasal ou expectoração


As doses de água fervente com tomilho são uma das terapias mais eficazes para melhorar esses sintomas. Quando estiver a ferver a infusão, pega uma toalha e inspire os vapores. Muito cuidado com a queimar!


Como você vai notar, as avós tinham e têm razão quando se recomendam um de seus remédios. Não deite em saco roto suas palavras; evitar tomar mais medicamentos do que os necessários e protegerá a sua saúde digestiva.


RECOMENDAMOS:


Os remédios da avó contra a tosse


O limão: remédio natural e multiuso


Todos os remédios para aliviar as dores menstruais


10 remédios naturais contra a insônia


10 remédios naturais contra a fadiga

Fitness: Como ganhar massa muscular de forma eficaz?

São cada vez mais as mulheres que fazem exercícios de fitness, porque querem aumentar a sua massa muscular e ter uma silhueta mais firme e tonificado. É por isso que hoje, oferecemos algumas dicas para fazer isso de forma mais eficaz.


As sessões de fitness



Cada sessão deve durar entre 30 e 45 minutos, não mais. Não se esqueça de fazer exercícios de aquecimento antes de cada sessão e estirarte ao final. Não faça muitas repetições e faça seus exercícios com pesos, até as mais pesadas. Pede conselho aos profissionais para saber a melhor maneira de executar cada exercício.


Descansando alguns segundos entre cada série: um minuto é suficiente para recuperar as forças e continuar com a sua rotina de fitness. Sempre carregar os pesos com a mesma intensidade que no início de sua sessão para que os exercícios sejam eficazes.


Não faça mais de 4 sessões por semana, para que seus músculos tenham tempo de descansar e fortalecer-se rapidamente. Não trabalhe o mesmo grupo muscular durante dois dias seguidos. Por exemplo: trabalha os glúteos segunda-feira, os abdominais terça-feira, com os braços na quarta-feira, etc.


Alimentação



Um erro frequente que cometem muitas mulheres é comer menos quando querem aumentar a sua massa muscular e fazem exercícios de fitness. É indispensável que alimentar bem os seus músculos! Esqueçam as dietas, as frustrações e até a palavra “jejum”. Faça várias pequenas refeições por dia, come variado e aumenta a sua ingestão diária de fibras e proteínas. Você não tem que passar fome.


As boas gorduras também são importantes, tanto para a massa muscular como para uma pele saudável: abacate, azeite de oliva, peixes, frutos secos, etc., Igualmente, bebe bastante água.


Come uma colação na hora que continua a cada treino fitness para otimizar a assimilação das proteínas e melhorar sua massa muscular. Nada te obriga a beber uma bebida à base de proteínas: você pode preferir uma fruta fresca com uma fatia de presunto branco ou um iogurte light.


💪🏻 O CONSELHO DE NOSSO COACH 💪🏻


O Complementa seus esforços! Para complementar a sua actividade física regular, adota uma alimentação saudável. Você também pode usar nossa Ventosa anti-celulite CelluBlue de silicone médico para lutar eficazmente contra a pele de laranja. A Ventosa CelluBlue replica a técnica da massagem manuseado-rolado, reconhecido pelos profissionais de saúde, como o melhor método para combater a celulite. Nossa ventosa tem que usar com uma aplicação prévia de um óleo de textura oleosa para facilitar o deslizamento da ventosa sobre a pele. Clique aqui e descubra o nosso óleo corporal para massagem com um delicioso perfume de monoi. A última etapa de nosso método anti-celulite completa é a massagem com o BodyRoller. Feito para esvaziar as células adiposas quebradas durante a massagem com ventosa, é composto de 72 picos de silicone médico. O que você pode encontrar clicando aqui.



Não se esqueça de siga-nos em nossas redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram) para compartilhar seus resultados e a sua experiência. Junte-se a nossa comunidade!

Tags:óleo de massagem anti-celulite, Beleza, bodyroller, Celulite, Coaching, dicas, esporte, ginástica, fitness, Músculos, As Rolado, rotina, ventosa cellubluePrevious ArticleUna semana de menus anti-celulite para baixar pernas (Parte 2)Next ArticleEjercicio anti-celulite: 4 maneiras de fazer a ferro

Sexo: Sim existe o alongamento do pénis, e aqui você conhecerá as técnicas | Vida

Existem homens que chegam a um consultório se queixando por ter um pênis pequeno. Eles se mostram insatisfeitos, tanto pelo tamanho, como o desenvolvimento de seus membros.


No entanto, os estudos revelam que a maioria destes homens, realmente possuem um tamanho de pênis normal, conforme explica a Perú21 o urologista Sandro Reis Alpaca, coordenador de Andrología da Sociedade Peruana de Urologia, e especialista em medicina sexual.


“Muitos dos que se queixam de ter um pênis pequeno têm um problema que é chamado de ‘dismorfofobia do pau’, significa que a pessoa tem medo de uma alteração no tamanho ou na forma de seu pênis”, diz o médico.


“A dismorfofobia não será corrigido com uma cirurgia, por mais que você aumente o peso ou o tamanho do pênis, eles sempre irão queixar-se sobre o que não lhes arrastaram ou engrosaron o suficiente”, acrescenta o especialista.


Por isso, antes que uma pessoa tome a decisão de se submeter a este tipo de cirurgia deve consultar um especialista.


► Seis dicas para evitar a ejaculação precoce que mudam a vida


Alongamento de pénis


Existem diferentes opções para alterar a espessura, o comprimento e a cor do pau. Também há cirurgias para colocar jóias ou piercing. Reis Alpaca nos explica os tipos de cirurgia que existem:


“Há cirurgias como a peneplastia (que permite aumentar ou engrossar o pênis). Há cirurgias de escroto (onde se remove um pouco da pele do testículo) para simular que o pênis está mais longo. Para engrossar o pénis existe uma cirurgia onde o médico coloca patches no pênis para engrosarlo. Há também injeções de gordura e dispositivos médicos”, disse o urologista.


Edwin Reis Alpaca explicou que há um grupo de técnicas não-médicas de alongamento, como a colocação de pesos no pênis, ou tipos de estiramento do membro viril. No entanto, esclareceu que não funcionam.


Você perde a sensibilidade após a cirurgia?


O especialista esclarece que após a cirurgia de alongamento ou espessamento de pau a sensibilidade pode ser afetada.


“O pénis tem certas fixações ao corpo para que a pessoa possa mantê-lo ereto. Então, para dar a impressão de que o pênis está mais longo, o médico remove essas fixações e o pau cai para baixo, dando a falsa impressão de que fosse mais longo. Essa técnica como a de colocar manchas ao redor do pênis, remover ou alongar a pele sempre produzem alteração na sensação. Por isso, o médico deve explicar esse detalhe ao paciente”, precisa.


Pode haver complicações?


“Como todo procedimento cirúrgico pode ter complicações como reação alérgica a medicamentos ou infecções da área operada”, explica o urologista, e acrescenta que o mais grave que pode acontecer é “o encurtamento do pênis”.


“Se opera o paciente para alargarle o pau, mas a pele nessa área cicatriza e isso faz com que o pênis se encurtar. São riscos que um tem que conversar com o paciente”, acrescenta.


O especialista lembra que a maioria dos homens têm pênis de tamanho médio. Deste grupo, há os que querem agrandarse o pau. A eles se lhes pode oferecer uma variedade de tratamentos para alcançar este objetivo, mas nada pode garantir que, após a cirurgia eles fiquem satisfeitos.

Scroll To Top